Concurso público com 814 vagas para MCTI é autorizado pelo governo

InícioDestaquesConcurso público com 814 vagas para MCTI é autorizado pelo governo

Foi autorizado pelo Diário Oficial da União desta segunda-feira, 10, um novo concurso para o Ministério da Ciência e Tecnologia em Inovação, que contemplará 814 vagas para analistas, tecnologistas e pesquisadores, todos com exigência de nível superior.

A publicação estabelece um prazo de seis meses para a divulgação do edital, até 10 de outubro, e define um período de dois meses entre a publicação do edital e a realização das provas.

Confira a distribuição das vagas do próximo concurso MTCI:

  • Analista em Ciência e Tecnologia: 296 vagas e R$13.718,81
  • Pesquisador: 253 vagas e R$16.798,48
  • Tecnologista: 265 vagas e R$13.718,81

Este é o primeiro concurso público autorizado pela ministra da Gestão e Inovação no Serviço Público, Esther Dweck, durante sua gestão no executivo federal, responsável pela análise e autorização de concursos federais.

Cargos de nível médio não são contemplados na portaria

A autorização dada para o novo concurso MCTI contempla cargos somente de nível superior. No entanto, em 2022, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação enviou o pedido de seleção visando ao preenchimento de 1.277 vagas.

Na ocasião, além das vagas de nível superior, também foram solicitadas vagas de nível médio, para as funções de técnico, com remuneração de R$8.097,23, e assistente em ciência e tecnologia, com ganhos de R$8.097,23.

Esses cargos, no entanto, não receberam aval para serem ofertados na próxima seleção.

Como foi o último concurso MCTI?

Realizado em 2012, o último concurso para o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação contou com 510 vagas em cargos dos níveis médio, médio/técnico e superior. Na época, os ganhos variavam entre R$2.705,38 e R$9.157,15.

Do total de vagas, 92 foram para o cargo de analista em ciência e tecnologia, sendo 35 na Administração Central, em Brasília, e 57 nas demais unidades, no Rio de Janeiro, São Paulo, Amazonas, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte, Pará e Minas Gerais.

A seleção contou ainda com 330 vagas de assistente em ciência e tecnologia e 84 de tecnologista.

Com organização do Cebraspe, os candidatos foram avaliados por meio de provas objetivas, discursivas e de títulos, em todas as capitais.

É importante ressaltar que em 2012 as carreiras de nível superior exigiram experiência de três anos ou mestrado. Para a seleção autorizada em 2023 ainda não se sabe haverá exigências específicas. Fonte: Folha Dirigida

Mais notícias