Ministério do Planejamento e Orçamento abre Concurso Público com 100 vagas

InícioConcursos NacionaisMinistério do Planejamento e Orçamento abre Concurso Público com 100 vagas

O Ministério do Planejamento e Orçamento (MPO), através da Secretaria de Orçamento Federal, comunica a realização de um novo Concurso Público para o preenchimento de vagas e formação de cadastro reserva no cargo de Analista de Planejamento e Orçamento.

O certame, organizado pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), visa prover 100 vagas distribuídas nas especialidades de Geral (65), Desenvolvimento Institucional (5), Governança e Gestão de Projetos de TI (6), Desenvolvimento de Sistemas Orçamentários (13), Gestão de Infraestrutura de TI (2), Gestão de Dados Orçamentários (5), Gestão de Contratos de TI (2) e Gestão da Segurança da Informação Orçamentária (2).

Dentre o total de vagas, há reserva para candidatos (AC, PcD e PP), conforme especificado no edital.

Os requisitos para participação incluem possuir nível superior em qualquer área, emitido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Os profissionais contratados cumprirão carga horária de 40 horas semanais, com remuneração de R$ 20.924,80 por mês.

Como se inscrever no Concurso MPO

As inscrições devem ser realizadas online, no site da Cebraspe, no período de 31 de janeiro de 2024, a partir das 10h, até às 18h do dia 21 de fevereiro de 2024. A confirmação da inscrição requer o pagamento de taxa no valor de R$ 100,00. Candidatos que atendam aos critérios do edital podem solicitar a isenção da taxa durante o período de inscrição.

O processo seletivo é composto por Provas Objetivas, Discursivas e de Títulos, conforme detalhado no edital. A etapa inicial de avaliação está programada para o dia 28 de abril de 2024, com 200 questões distribuídas entre conhecimentos básicos, conhecimentos complementares e conhecimentos específicos.

A avaliação discursiva está marcada para o dia 9 de junho de 2024, abordando temas específicos da área de atuação. Os participantes aprovados nessas fases passarão pela análise de títulos, de acordo com os critérios estabelecidos.

Os candidatos aprovados nas etapas anteriores serão submetidos a um curso de formação, de caráter eliminatório e classificatório, com duração de 360 horas, realizado em Brasília – DF, pela Fundação Escola Nacional de Administração Pública.

Durante o curso de formação, os candidatos regularmente matriculados receberão auxílio financeiro correspondente a cinquenta por cento da remuneração da classe/padrão inicial do cargo. Se o candidato for servidor da Administração Pública Federal, poderá optar por receber o vencimento e as vantagens de seu cargo efetivo.

O prazo de validade do certame é de dois anos, contados a partir da data de publicação da homologação do resultado final, com possibilidade de prorrogação por igual período, a critério da Administração.

Mais notícias