sexta-feira, abril 19, 2024

Locais de Prova do Concurso Nacional Unificado: Descubra Agora!

InícioConcursos NacionaisLocais de Prova do Concurso Nacional Unificado: Descubra Agora!

Os editais do Concurso Unificado (CNU) oferecem um total de 6.640 vagas distribuídas em 21 órgãos federais, com salários iniciais que chegam a até R$ 22.921,71, além de benefícios.

As oportunidades estão agrupadas em oito editais (blocos temáticos), os quais são divididos por área de atuação governamental, de acordo com os perfis desejados.

Os candidatos serão submetidos a provas objetivas e discursivas, as quais serão realizadas no dia 05 de maio de 2024, de forma simultânea, em 220 cidades em todo o país.

Confira aqui, apostilas para estudo Concurso Nacional Unificado

Bloco 1| Bloco 2 | Bloco 3 | Bloco 4 | Bloco 5 | Bloco 6 | Bloco 7 | Bloco 8 | Apostilas CNU

Quais serão os municípios de aplicação das provas do Concurso Unificado?

As provas serão realizadas em todas as capitais do Brasil, incluídos municípios considerados “centros regionais” a partir de 50 mil habitantes.

De acordo com o Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos, o objetivo é democratizar o acesso às vagas e dar oportunidades para locais que não costumam receber a aplicação de provas.

Região Norte – 40 municípios:

  • Acre: Cruzeiro do Sul; Rio Branco.
  • Amazonas: Coari; Itacoatiara; Lábrea; Manaus; Manicoré; Parintins; São Gabriel da Cachoeira; Tabatinga; Tefé.
  • Amapá: Laranjal do Jari; Macapá; Oiapoque.
  • Pará: Altamira; Ananindeua; Belém; Bragança; Breves; Cametá; Itaituba; Marabá; Monte Alegre; Oriximiná; Paragominas; Parauapebas; Redenção; Santana do Araguaia; Santarém; São Félix do Xingu; Tucuruí.
  • Rondônia: Ariquemes; Ji-Paraná; Porto Velho; Vilhena.
  • Roraima: Boa Vista; Rorainópolis.
  • Tocantins: Palmas; Gurupi; Araguaína.

Nordeste – 61 municípios:

  • Alagoas: Arapiraca; Maceió.
  • Bahia: Barreiras; Bom Jesus da Lapa; Brumado; Eunápolis; Feira de Santana; Guanambi; Ilhéus; Irecê; Itaberaba; Jacobina; Jequié; Camaçari; Lauro de Freitas; Paulo Afonso; Ribeira do Pombal; Salvador; Teixeira de Freitas; Vitória da Conquista.
  • Ceará: Cratéus; Caucaia; Sobral; Maracanau; Fortaleza; Iguatu; Juazeiro do Norte; Quixadá.
  • Maranhão: Bacabal; Balsas; Caxias; Chapadinha; Imperatriz; Pinheiro; Presidente Dutra; Santa Inês; São Luís.
  • Paraíba: Campina Grande; João Pessoa; São José dos Pinhais; Patos; Sousa.
  • Pernambuco: Caruaru; Jaboatão dos Guararapes; Garanhuns; Olinda; Petrolina; Recife; Serra Talhada.
  • Piauí: Bom Jesus; Corrente; Floriano; Parnaíba; Picos; São Raimundo Nonato; Teresina.
  • Rio Grande do Norte: Caicó; Parnamirim; Mossoró; Natal.
  • Sergipe: Aracaju; Itabaiana.

Centro Oeste – 22 municípios:

  • Distrito Federal: Brasília.
  • Goiás: Catalão; Aparecida de Goiânia; Goianésia; Goiânia; Iporá; Itumbiara; Mineiros; Porangatu; Rio Verde.
  • Mato Grosso do Sul: Campo Grande; Corumbá; Dourados; Três Lagoas.
  • Mato Grosso: Alta Floresta; Várzea Grande; Barra do Garças; Cáceres; Cuiabá; Rondonópolis; Sinop; Tangará da Serra.

Sudeste – 70 municípios:

  • Espírito Santo: Cachoeiro de Itaperim; Colatina; Serra Velha; Vila Velha; São Mateus; Vitória.
  • Minas Gerais: Almenara; Araçuaí; Araxá; Belo Horizonte; Curvelo; Diamantina; Divinópolis; Governador Valadares; Itajubá; Ipatinga; Ituiutaba; Janaúba; Januária; Juiz de Fora; Lavras; Montes Claros; Muriaé; Paracatu; Passos; Patos de Minas; Pirapora; Pouso Alegre; Teófilo Otoni; Betim; Contagem; Uberaba; Uberlândia.
  • Rio de Janeiro: Cabo Frio; Campos dos Goytacazes; Belford Roxo; Petrópolis; Duque de Caxias; Niterói; Nova Iguaçu; São Gonçalo; São João de Meriti; Rio de Janeiro; Volta Redonda.
  • São Paulo: Araçatuba; Hortolândia; Guarulhos; Jacareí; Mauá; Mogi das Cruzes; Osasco; Paulínia; Santo André; São Bernardo do Campo; São Caetano do Sul; Taboão da Serra; Valinhos; Vinhedo; Caçapava; Bauru; Campinas; Itapeva; Marília; Piracicaba; Presidente Prudente; Ribeirão Preto; São José do Rio Preto; São José dos Campos; São Paulo; Sorocaba.

Sul – 27 municípios:

  • Paraná: Cascavel; Curitiba; Guarapuava; Londrina; Maringá; Paranaguá; São José dos Pinhais; Ponta Grossa; Umuarama.
  • Rio Grande do Sul: Bagé; Caxias do Sul; Farroupilha; Passo Fundo; Pelotas; Porto Alegre; Santa Cruz do Sul; Santa Maria; Santo Ângelo; Uruguaiana.
  • Santa Catarina: Caçador; Blumenau; Chapecó; Criciúma; Florianópolis; São José; Joinville; Lages.

O que vai cair na prova do Concurso Unificado?

O concurso é composto por três etapas de avaliação:

Primeira etapa:

  • Exame de habilidades e conhecimentos (prova objetiva e redação).
  • Perícia médica para candidatos declarados com deficiência.
  • Procedimento de verificação da condição declarada para concorrer às vagas reservadas a candidatos negros.
  • Procedimento de verificação documental para concorrer às vagas reservadas a candidatos indígenas nos cargos da Fundação Nacional dos Povos Indígenas (FUNAI).

Segunda etapa:

  • Avaliação de títulos, quando aplicável.

Terceira etapa:

  • Curso de formação para os candidatos ao cargo de Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental do Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI).
  • Prova didática em forma de aula para o cargo de Pesquisador em Informações Geográficas e Estatísticas, de caráter classificatório.

O exame de habilidades e conhecimentos será realizado em 05 de maio de 2024, dividido da seguinte forma:

Manhã – duração de 2h30:

  • Nível superior: conhecimentos gerais (20 questões) + discursiva de conhecimento específico do bloco.
  • Nível médio: prova objetiva (20 questões) + redação.

Tarde – duração de 3h30:

  • Nível superior: conhecimentos específicos (50 questões).
  • Nível médio: prova objetiva (40 questões).

Os candidatos devem demonstrar conhecimentos em disciplinas como: Conhecimentos Gerais:

  • Políticas Públicas.
  • Desafios do Estado de Direito: Democracia e Cidadania.
  • Ética e Integridade.
  • Diversidade e Inclusão na Sociedade.
  • Administração Pública Federal.
  • Finanças Públicas.

Conhecimentos Específicos:

  • Diversos eixos temáticos, como Gestão Governamental, Políticas Públicas, Engenharia Cartográfica, Tecnologia da Informação, Desenvolvimento Rural Sustentável, Saúde, Economia, entre outros.

Concurso Público Nacional Unificado: editais com mais de 6,5 mil vagas

Mais notícias