CBM – RS promove dois novos Processos Seletivos com 600 vagas

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio Grande do Sul (CBM – RS) promove dois novos Processos Seletivos, que tem por objetivo o preenchimento de 600 vagas, destinadas à contratação de profissionais em caráter temporário.

Há oportunidades entre os seguintes cargos:

  • Edital de capacitação: Guarda-vidas civis temporários – águas de mar (150) e Guarda-vidas civis temporários – águas internas (50);
  • Edital da recertificação: Guarda-vidas civis temporários (400).

É necessário que o candidato possua idade entre 18 a 55 anos de idade, no momento da inscrição, bem como escolaridade em nível fundamental. No entanto, os concorrentes às vagas do edital de recertificação, devem ter concluído o curso de capacitação técnica na Operação Verão 2018/2019 ou 2019/2020 e atuado na Operação Verão 2018/2019 ou 2019/2020.

Ao ser contratado, o profissional deve atuar entre as seguintes localidades, conforme as funções especificadas:

  • Aguas de mar abertas: Torres; Arroio do Sal; Capão da Canoa; Xangri-Lá; Imbé; Tramandaí; Cidreira; Balneário Pinhal; Palmares do Sul; Mostardas; Tavares; São José do Norte; Rio Grande; Santa Vitória do Palmar; Chuí;
  • Águas internas abrigadas: Porto Alegre; Taquara; Triunfo; Montenegro; Pelotas; São Lourenço; Santa Vitória/ Arroio Grande; Nova Palma; Restinga Seca; Santa Maria; Jaguari; São Francisco de Assis; São Vicente do Sul; Lavras do Sul; Mata; Toropi; São Pedro do Sul; Cachoeira do Sul; Rio Pardo Vale Verde; Serafina Correa; General Câmara; Viamão; Arambaré; Tapes; Barra do Ribeiro; Cristal; São Jerônimo;Pinhal; Cidreira; Santo Antônio da Patrulha; Osório; Candiota; Dom Pedrito; Rosário do Sul; Cacequi; Santana do Livramento; Manoel Viana; Itaqui e Cruz Alta.

Os interessados podem se inscrever de forma eletrônica, no período de 17 a 31 de outubro de 2020, por meio do site do CBM – RS.

Os candidatos serão avaliados mediante aplicação de quatro fases, que consistem em: habilitação a saúde (exame de saúde e mental); habilitação física (exame de aptidão física); sindicância de vida pregressa e capacitação técnica ou recertificação técnica, de acordo com a vaga escolhida.

A fase de capacitação técnica terá duração de 50 a 200 horas-aula. Durante a realização desta etapa, o candidato será remunerado mensalmente no valor de R$ 2.000,00.

A contratação será firmada entre os meses de novembro de 2020 a abril de 2021. No entanto, o Processo Seletivo terá validade determinada, exaurindo efeitos após o término dos contratos temporários.