Concurso Polícia Federal: Divulgado EDITAL e inscrições; 1.500 vagas!

Saiu o edital n° 01/2021 do concurso Polícia Federal que contará com 1.500 vagas efetivas para os cargos de Agente, Escrivão, Delegado e Papiloscopista. O certame será executado pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) e pela Polícia Federal.

As oportunidades estão distribuídas entre os cargos de Delegado de Polícia federal (123); Agente de Polícia Federal (893); Escrivão de Polícia Federal (400) e Papiloscopista Polícia Federal (84). Para a escolha de lotação, serão disponibilizadas vagas, preferencialmente, nos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins e em unidades de fronteira.

Vale ressaltar que algumas desta vagas são destinada para pessoas que se enquadrem nos critérios estabelecidos pelo edital.

As inscrições serão recebidas a partir das 10h do dia 22 de janeiro de 2021 até as 18h de 9 de fevereiro deste mesmo ano (horário de Brasília/DF), por meio do site do Cebraspe, mediante pagamento de taxa de participação que varia entre R$ 180,00 e R$ 250,00.

Os interessados em obter a isenção do valor e que se enquadrem nos critérios estabelecidos pelo edital, devem efetuar a solicitação no mesmo período de inscrições.

Etapas de avaliação

Os candidatos do concurso Polícia Federal passarão pelas seguintes fases na primeira etapa:

  • Prova objetiva;
  • Prova discursiva;
  • Exame de aptidão física;
  • Avaliação médica;
  • Prova oral (somente para o cargo de Delegado de Polícia Federal);
  • Prova prática de digitação (somente para o cargo de Escrivão de Polícia Federal);
  • Prova de títulos (somente para o cargo de Delegado de Polícia Federal;
  • Avaliação psicológica;
  • Investigação social.

A segunda etapa do concurso consiste de Curso de Formação Profissional, de responsabilidade da Academia Nacional de Polícia.

A realização das provas objetivas e discursiva está prevista para o dia 21 de março de 2021, em todas as capitais e no Distrito Federal. As avalições objetiva e discursiva terão duração de 4 horas e 30 minutos, exceto para o cargo de Delegado de Polícia Federal, para o qual o tempo de duração será de 3 horas e 30 minutos para a prova objetiva e 5 horas para a prova discursiva.

Para o cargo de delegado de Polícia Federal, as provas serão compostas por questões nas áreas de conhecimento de direito administrativo, direito constitucional, direito civil, direito civil, direito internacional público e cooperação internacional, direito penal, direito processual penal, criminologia, criminologia e direito financeiro e tributário.

Entretanto, para as demais oportunidades, o conteúdo programático versará sobre questões de língua portuguesa, noções de direito administrativo, noções de direito constitucional, noções de direito penal e de direito processual penal, informática, contabilidade geral, arquivologia e biologia, distribuídas de acordo com cada cargo.

Já a segunda etapa do certame consistirá no Curso de Formação Profissional, de caráter eliminatório, de responsabilidade da Academia Nacional de Polícia. O curso será realizado no Distrito Federal, exigindo-se do aluno tempo integral, com frequência obrigatória e dedicação exclusiva, podendo ser desenvolvidas atividades, a critério da Administração, em qualquer Unidade da Federação, previsto para ser realizado nos seguintes períodos:

  • Agente de Polícia Federal: primeira turma, de 9 de agosto de 2021 a 15 de outubro de 2021;
  • Agente de Polícia Federal: segunda turma, de 18 de outubro de 2021 a 24 de dezembro de 2021;
  • Delegado de Polícia Federal, Escrivão de Polícia Federal e Papiloscopista Policial Federal: de 18 de outubro de 2021 a 24 de dezembro de 2021.

O prazo de validade deste certame será de seis meses, a contar a partir da publicação da homologação do resultado final, realizada após o encerramento dos Cursos de Formação Profissional, com possibilidade de prorrogação uma única vez, por igual período.