quinta-feira, maio 23, 2024
Apostilas

DestaquesConcurso Unificado: banca é divulgada para mais de 6 mil vagas

Concurso Unificado: banca é divulgada para mais de 6 mil vagas

- Publicidade -

A organização do Concurso Unificado, também conhecido como Enem dos Concursos, definiu a banca examinadora responsável pela seleção. Conforme informações do Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos (MGI), a Fundação Cesgranrio foi escolhida para liderar o processo.

A banca, após participar do processo seletivo, chegou à fase final juntamente com a Fundação Getulio Vargas (FGV) e o Cebraspe. O governo declarou a Fundação Cesgranrio como vencedora. De acordo com Maria Aparecida Chagas Pereira, diretora de Provimento e Movimentação de Pessoal do MGI, uma vez que as três empresas apresentavam as qualificações necessárias, a escolha foi baseada no critério de economicidade, ou seja, na que ofereceu o menor custo pelo serviço.

“O Governo Federal tem a experiência do Enem, mas é a primeira vez que estamos fazendo uma prova de concurso público desse vulto, envolvendo 21 órgãos. Por isso, buscamos o apoio dos órgãos de controle desde o princípio, para que todas as etapas do concurso estejam em conformidade com as melhores práticas de gestão, transparência, legalidade e impessoalidade”, informou Maria Aparecida Chagas Pereira.

A Fundação Cesgranrio agora é encarregada de divulgar o edital do Concurso Unificado, incluindo requisitos, vagas, salários, conteúdo programático, procedimentos de inscrição, critérios de seleção, bem como as datas e locais das provas.

Apesar de a seleção da empresa ter ocorrido no início da semana, conforme o cronograma inicialmente divulgado, o Ministério da Gestão optou por esperar pelo parecer jurídico final da Advocacia Geral da União antes de iniciar o contrato e realizar a divulgação. A assinatura do contrato entre a Fundação Cesgranrio e o MGI está prevista para ocorrer até o final de novembro.

Ainda não está claro se os blocos temáticos serão os mesmos anunciados anteriormente ou se haverá alterações. Com a banca definida, os candidatos podem ter uma ideia de como serão as provas, considerando o padrão da organizadora.

Os editais do Concurso Nacional Unificado estão programados para serem publicados em 20 de dezembro deste ano. A banca organizadora escolhida será responsável pela aplicação simultânea das provas objetivas e discursivas em aproximadamente 180 cidades em todo o país. O funcionamento do CNU seguirá o modelo do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Concurso Unificado tem 6 mil vagas confirmadas

O Concurso Nacional Unificado oferecerá um total de 6.640 vagas em carreiras de níveis médio e superior, com remunerações que atingem até R$23.579,71 (no caso do cargo de auditor-fiscal do trabalho).

Um total de 22 órgãos e entidades do Executivo Federal assinaram o termo de adesão para participar do Enem dos Concursos. Abaixo está a lista desses órgãos e o número de vagas ofertadas por cada um:

  • IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística): 895 vagas;
  • Funai (Fundação Nacional dos Povos Indígenas): 502 vagas;
  • Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária): 742 vagas;
  • Mapa (Ministério da Agricultura e Pecuária): 440 vagas;
  • Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia): 80 vagas;
  • MTE (Ministério do Trabalho e Emprego): 900 vagas;
  • Ministério da Saúde: 220 vagas;
  • AGU (Advocacia Geral da União): 400 vagas;
  • Previc (Superintendência Nacional de Previdência Complementar): 40 vagas;
  • Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica): 40 vagas;
  • Antaq (Agência Nacional de Transportes Aquaviários): 30 vagas;
  • ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar): 35 vagas;
  • MDIC (Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços): 110 vagas;
  • MCTI em partes (Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação): 296 vagas;
  • MJSP (Ministério da Justiça e Segurança Pública): 130 vagas;
  • MinC (Ministério da Cultura): 50 vagas;
  • MEC (Ministério da Educação): 70 vagas para ATPS;
  • MDHC (Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania): 40 vagas;
  • MPI (Ministério dos Povos Indígenas): 30 vagas;
  • MPO (Ministério do Planejamento e Orçamento): 60 vagas;
  • MGI (Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos) e as carreiras transversais: 1.480 vagas;
  • Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira): 50 vagas.

É importante ressaltar que a adesão ao CNU foi voluntária, permitindo que os órgãos e entidades públicas, com autorização para o preenchimento de vagas, escolhessem participar ou não dessa seleção unificada.

Blocos temáticos

O Governo Federal confirmou a distribuição das vagas do Concurso Nacional Unificado em blocos temáticos. Inicialmente, foram divulgados oito blocos:

  • Administração e Finanças Públicas;
  • Setores Econômico, Infraestrutura e Regulação;
  • Agricultura, Meio Ambiente e Desenvolvimento Agrário;
  • Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação;
  • Políticas Sociais; Justiça e Saúde;
  • Trabalho e Previdência;
  • Dados, Tecnologia e Informação Pública; e
  • Nível intermediário.

Contudo, a quantidade de blocos está em revisão após a adesão de todos os órgãos e entidades públicas ao CNU, podendo ser sujeita a alterações.

Concurso Unificado terá provas objetivas e discursivas

A primeira etapa do Concurso Unificado consistirá na aplicação de provas objetivas (de Conhecimentos Gerais e Específicos) e discursivas (Específicas). Essas avaliações ocorrerão em um único dia, até março de 2024, de forma simultânea em aproximadamente 180 municípios em todo o país. As provas compreenderão:

  • Provas objetivas de aplicação comum a todos os candidatos e candidatas;
  • Provas objetivas e dissertativas específicas por blocos temáticos.

Conforme o Guia Referencial para concursos públicos elaborado pela Escola Nacional de Administração Pública (Enap), as disciplinas de Língua Portuguesa e Raciocínio-Lógico Quantitativo são recomendadas. Entretanto, a lista completa de disciplinas para o CNU será definida pela comissão organizadora juntamente com a banca organizadora escolhida.

A previsão é que as provas ocorram ainda no primeiro trimestre de 2024, especificamente em março.

- Públicidade -
Concursos SC
Concursos SChttps://concursossc.com.br/
Desde 2016 na redação de textos para internet, buscando dar ampla divulgação de concursos e seleções para os concurseiros do sul do Brasil, ajudando os leitores a encontrar sua vaga pública

Últimas Nóticias

- Públicidade -
Últimas da Semana
Grupos WhatsApp