IBGE anuncia edital para 2,6 mil vagas com salários de até R$ 3,1 mil

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) lançou edital para 1.343 vagas de Coordenador Censitário Subárea (CCS) e 1.315 vagas para Agente Censitário Operacional (ACO), distribuídas pelas 27 unidades da federação. Ambas as funções exigem nível médio completo. As provas estão previstas para 8 de dezembro e serão realizadas em 1.031 municípios.

A inscrição abre às 10h desta quarta-feira (25/09/2019) e vai até o dia 15 de outubro, no site da FGV, banca organizadora do concurso. A taxa é de R$ 58 para coordenador censitário subárea e de R$ 42,50 para agente censitário operacional.

As remunerações mensais previstas são de R$ 3,1 mil para Coordenador Censitário Subárea (CCS) e de R$ 1,7 mil para Agente Censitário Operacional (ACO).Os candidatos a Coordenador Censitário Subárea (CCS) devem ter Carteira Nacional de Habilitação para a categoria B. As pessoas com deficiência (PcD) terão direito ao mínimo de 5% das vagas e as pessoas pretas ou pardas (PPP), a 20%.

O período máximo da contratação é de 12 meses, podendo ser prorrogado. Os contratos terão vigência de 30 dias, podendo ser sucessivamente prorrogados por igual período, de acordo com a necessidade do trabalho ou disponibilidade de recursos orçamentários. O desempenho dos contratados será avaliado mensalmente.

As 1.343 vagas para Coordenador Censitário Subárea (CCS) estão distribuídas por todos os estados, em diversos municípios. Já as 1.315 vagas para Agente Censitário Operacional (ACO) estão distribuídas entre as 27 capitais.

A jornada de trabalho de ambas as funções será de 40 horas semanais, sendo 8 horas diárias. Os contratados terão direito aos auxílios Alimentação, Transporte e Pré-escolar, além de férias e 13º salário proporcionais, de acordo com a legislação que regulamenta este tipo de contratação.

O edital estão disponíveis no site da Fundação Getúlio Vargas.