IFSC: Inscrições abertas para 850 vagas em cursos de especialização a distância

Estão abertas até 19 de outubro as inscrições para três cursos de especialização a distância que terão início em fevereiro de 2021: Docência para a Educação Profissional (300 vagas), Tecnologias para a Educação Profissional (300 vagas) e Gestão Pública na Educação Profissional e Tecnológica (250 vagas).

Nos três casos, os cursos têm oferta na modalidade a distância, mas contemplam avaliações obrigatórias que devem ser feitas presencialmente nos câmpus ou núcleos de educação a distância. Cada curso também prevê atividades on-line síncronas realizadas semanalmente ou quinzenalmente.

Os interessados deverão fazer a inscrição on-line, pelo sistema de inscrições. A seleção será feita por sorteio público, em 21 de outubro, e a matrícula dos selecionados será por formulário eletrônico (link disponível no Edital 01/2021/1).

Veja abaixo mais detalhes sobre cada curso.

Curso: Docência para a Educação Profissional 
Carga horária: 690 horas (quatro semestres + TCC)
Público estratégico: Professores da educação profissional e demais graduados que tenham interesse em atuar na área.
Pré-requisitos: diploma de graduação reconhecido pelo MEC
Câmpus: Araranguá, Caçador, Canoinhas, Chapecó, Florianópolis, Gaspar, Jaraguá do Sul-Rau, Lages, São Carlos, São Miguel do Oeste e Tubarão

Curso: Tecnologias para a Educação Profissional 
Carga horária: 520 horas (dois semestres + TCC)
Público estratégico: Profissionais graduados em qualquer área de atuação que tenham interesse em potencializar o uso das tecnologias em âmbito educacional, seja presencial ou a distância.
Pré-requisitos: diploma de graduação reconhecido pelo MEC
Câmpus: Araranguá, Canoinhas, Chapecó, Criciúma (avaliações presenciais realizadas no polo da Universidade Aberta do Brasil/UAB em Urussanga), Garopaba, Gaspar, Itajaí, São Carlos, São Lourenço do Oeste, São Miguel do Oeste, Tubarão e Urupema

Curso: Gestão Pública na Educação Profissional e Tecnológica
Carga horária: 420 horas (dois semestres)
Público estratégico: Servidores da Rede Federal de EPT e de instituições de educação profissional, servidores públicos em geral ou profissionais que visam desenvolver pesquisas ou projetos que envolvam a gestão administrativa em educação profissional e tecnológica. Nesse curso, 50% das vagas irão para servidores públicos federais, 30% para candidatos servidores públicos estaduais e municipais. O restante será para ampla concorrência.
Câmpus: Araranguá, Caçador, Criciúma (avaliações presenciais realizadas no polo da Universidade Aberta do Brasil/UAB em Urussanga), Florianópolis-Continente, Itajaí, Lages, São Carlos, São Lourenço do Oeste, Tubarão e Xanxerê.

Para mais informações sobre o processo seletivo e as especificidades de cada curso, consulte o Edital 01/2021/1.