quinta-feira, junho 13, 2024

Ministério da Cultura retifica Processo Seletivo com 99 vagas

O Ministério de Estado da Cultura do Brasil retifica Processo Seletivo destinado ao preenchimento de 99 vagas para profissionais com formação superior. As posições estão divididas entre atividades Técnicas de Complexidade Intelectual (57 vagas) e Técnicas de Suporte Nível Superior (42 vagas), incluindo vagas reservadas para candidatos das cotas de ações afirmativas (AC), pessoas com deficiência (PCD) e negros (N), conforme estabelecido no edital.

Segundo consta no documento (retificação I), o período de inscrição foi alterado. Os interessados poderão se inscrever a partir das 16h do dia 24 de junho de 2024 até as 16h do dia 14 de julho de 2024, pelo site doMinistério da Cultura, com taxa de R$ 68,00. Vale pontuar que a solicitação de isenção do valor poderá ser feita entre os dias 10 e 16 de junho de 2024.

Os profissionais selecionados trabalharão em Brasília – DF, com jornadas de 40 horas semanais. A remuneração varia de R$ 3.800,00 a R$ 6.130,00 mensais.

É necessário que os candidatos possuam diploma de nível superior, conforme a área de atuação desejada.

Os candidatos serão avaliados por meio de uma prova objetiva e uma prova de redação, agendadas para o dia 28 de julho de 2024. O conteúdo programático incluirá língua portuguesa, gestão pública, atualidades, direito administrativo e conhecimentos específicos pertinentes ao cargo escolhido.

Este Processo Seletivo terá validade de um ano, a partir da data de assinatura do primeiro contrato, com possibilidade de prorrogação por igual período.

Este é um excelente oportunidade para profissionais que desejam contribuir para a gestão cultural no Brasil, oferecendo uma chance de trabalhar em um ambiente dinâmico e influente na capital federal.

Concursos SC
Concursos SChttps://concursossc.com.br/
Desde 2016 na redação de textos para internet, buscando dar ampla divulgação de concursos e seleções para os concurseiros do sul do Brasil, ajudando os leitores a encontrar sua vaga pública

Veja também

Leia também:

Grupos WhatsApp